Flįvio Cruz

Esse estranho mundo...

Textos

insensato%2Bolhar.png
Insensato olhar


Quando olho em seus olhos,
os meus próprios neles vejo,
plenos de amor por você.
Vejo também minha mágoa,
em você bem refletida,
aos poucos se esvaindo,
em suave melodia.
E minha alma insegura,
se vai, cura, depura,
e em gozo se transforma.
Vejo meu duro cansaço,
compensado, mitigado,
em descanso transformado,
quando olho para você.
Vejo, por fim, de amor,
uma constante corrente,
que vai e vem e se confunde...
Não sei se é minha paixão,
que, contínua, vai e vem,
ou a sua que vem e vai.
Acho, porém que as duas
uma só são, infinitas,
de consenso a sensação,
insensatas de tão tensas,
ah, como é bom olhar,
todo tempo “pra” você!

 
XIXIXIXIXIXIXIXIXIXIXIXIXIXIXIXIXIXIXIXIX
 
 
 
 
Clique aqui:
 
 
À  procura de Lucas
 
 
Para adquirir este livro no Brasil 
 
Clique aqui  ( e-book: R$ 7,32 / impresso: R$ 27,47)
 
Para adquirir este livro nos Estados Unidos 
 
 
 
Capa%2BA%2BPROCURA%2BDE%2BLUCAS%2BCA.jpg
Flįvio Cruz
Enviado por Flįvio Cruz em 12/07/2017


Comentįrios

Site do Escritor criado por Recanto das Letras